Antes da bifana….


iSpeech.org
Num tempo em que tanto se fala de sustentabilidade ambiental, percebamos quais os impactos das explorações pecuárias, no caso uma suinicultura, no nosso ambiente e nas nossas vidas. Será necessário escolher entre a homeostasia ecológica e o consumo de carne? Entre a viabilidade económica e a sanidade do meio?

 

Chego ao fim da manhã, o nevoeiro adensa a sensação de tranquilidade que emoldura esta zona do Parque Natural de Sintra-Cascais. Se não soubesse da sua existência, diria que o frio tinha escondido a suinicultura pertencente ao grupo Euroeste S.A., em Casal Pianos-Magoito. É um edifício grande, estruturado para abrigar animais, leitões, que mais tarde estarão à nossa mesa, farão parte de nós. Esta opera em regime de exploração intensiva, em que os animais “residem” em pavilhões compridos, brancos, todos semelhantes, onde coabitam em espaços onde se pretende reine a assepsia para o controlo de doenças, não tendo, contudo, a sorte dos seus congéneres açorianos, por exemplo, de regime extensivo, que podem movimentar-se por grandes áreas a céu aberto

 

Reportagem  realizada por Lucas Barreira do 9ºE, no âmbito da disciplina de Geografia e Jovens Repórteres do Ambiente

Clique para ler todo o artigo